VELOCÍMETRO

 

Com o triciclo parado e apenas com a chave ligada (motor desligado). Em cavalete
ou similar que permita girar a rota que tem o sensor de velocidade.
Gire a roda com a mão e veja se o velocímetro marca alguma coisa.
Se marcar e se o perimetro estiver programado de acordo, a instalação do
velocímetro e do sensor estão corretas.
Se não marcar nada, coloque um multimetro em volts (DC 20V) com o negativo do
multímetro na malha do cabo do sensor.
Com o positivo do multímetro meça as seguintes tensões:
A tensão no fio vermelho do cabo deve ter +/- 10 Volts, mesmo com a roda
girando. Se não tiver, solte os cabos do sensor e meça novamente esta tensão. Se
ainda não tiver +/- 10 Volts no fio vermelho
o problema está no aparelho e pode ser enviado para reparo ou isolar este fio
vermelho ligando um fio entre o positivo do aparelho ao fio vermelho do cabo do
sensor.
Com o cabo do sensor novamente ligado e com a roda girando, a tensão no fio
branco do cabo deve ter normalmente +/- 10 Volts caindo para +/- 0 Volts quando
o imão passa pelo sensor.
Se isso não estiver ocorrendo, o problema está provavelmente no sensor ou sua
instalação.
Para saber, inverta a posição do imã e repita o teste.
Se ainda não estiver variando a tensão entre 10 e 0 Volts, retire o sensor e
passe o imã o mais próximo possível do sensor.
Se ainda não estiver variando a tensão, solte os cabos do sensor e faça
movimentos rápidos (encostando e soltando) o fio branco da malha. Veja se o
velocímetro marca alguma coisa.
Se não marcar nada, o problema está no aparelho e deve ser enviado para reparo.
Se marcar, o problema está no sensor, podemos enviar outro (SV10).